Acredite: Prates diz que Petrobras tentará frear preço de combustíveis apesar de conflito entre Israel e Hamas Acredite: Prates diz que Petrobras tentará frear preço de combustíveis apesar de conflito entre Israel e Hamas Acredite: Prates diz que Petrobras tentará frear preço de combustíveis apesar de conflito entre Israel e Hamas Pular para o conteúdo principal

Acredite: Prates diz que Petrobras tentará frear preço de combustíveis apesar de conflito entre Israel e Hamas


 
O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, afirmou nesta segunda-feira, 9, que a estatal vai tentar segurar o preço dos combustíveis diante do conflito entre Israel e o grupo terrorista palestino Hamas. Isso porque os ataques devem ampliar a volatilidade sobre as cotações internacionais do petróleo. 

“É mais um evento de volatilidade”, explicou Prates em entrevista durante evento organizado pelo Consulado Geral da Noruega no Rio de Janeiro. “Vamos acompanhar, tentando mitigar a volatilidade para manter os preços estáveis”, frisou. 

No fim de setembro, o presidente da Petrobras declarou que os preços dos combustíveis estão dentro das expectativas da empresa e que a estatal não tem segurado os valores no mercado interno. 

Por outro lado, analistas e especialistas tendem a discordar do CEO, e apontam que os preços estão mais baratos internamente do que internacionalmente. Em rápida entrevista à Jovem Pan News, Prates negou que a Petrobras esteja segurando os preços.

 Em discurso na Fundação Getúlio Vargas (FGV), Prates afirmou a empresários, empreendedores e diplomatas que atuam no setor de energia que a estatal está preocupada com a transição energética, sustentabilidade e descarbonização, com investimentos em energia eólica em alto mar, hidrogênio verde e outras iniciativas de energia sustentável. Até o final do ano a estatal deve divulgar seu novo Plano Estratégico, que vale para os próximos cinco anos. A previsão é de que 6% a 15% dos investimentos neste período sejam destinados à transição energética de maneira gradual.

O que Prates não menciona ou esqueceu de mencionar é que o Brasil, segurando o preço internamente, aparentemente pode ser bom para a população em um primeiro momento, mas um dia a conta chega, e o total a ser pago será muito maior, com efeito, cascata difícil de controlar.

FONTE: Jovem Pan

VOCÊ PODE NOS AJUDAR COM DOAÇÕES DE QUALQUER VALOR ATRAVÉS DO PIX:EMAIL:JORNALDADIREITAONLINE@OUTLOOK.COM

Postagens mais visitadas deste blog

Gigante atacadista fechará suas últimas 24 lojas e encerrará suas atividades no Brasil

A rede atacadista Makro encerrará suas atividades no Brasil, fechando as últimas 24 lojas ainda em atividade no país. Foram 50 anos de história em solo brasileiro, ultrapassando a marca de 50 lojas espalhadas por vários estados. Nos últimos anos, a empresa repassou 30 lojas para o Atacadão, captando R$ 1,95 bilhão com a venda. Agora, a empresa contratou o Santander para encontrar um comprador para as lojas remanescentes e espera obter R$ 2 bilhões, de acordo com o Estadão. A rede Makro é administrada pelo grupo holandês SHV que desistiu de competir com outras redes atacadistas disponíveis no Brasil. Além desta razão, segundo a reportagem, é que a matriz já deixou de atuar como varejista na Europa há mais de 20 anos e também está encerrando suas lojas na Ásia e na África. Pleno News

Homem interrompe Globo ao vivo em velório de crianças em Blumenau: “Sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês, vagabundos”; ASSISTA AO VÍDEO

O velório das quatro crianças que morreram no ataque à creche em Blumenau ocorre ao longo desta quinta-feira (6), na cidade catarinense.  Durante uma entrada ao vivo do repórter Felipe Sales na TV Globo em frente ao cemitério, um homem interrompeu a transmissão. “O sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês, seus vagabundos”, disse, batendo palmas ao lado do repórter. Homem interrompe Globo ao vivo em velório de crianças em Blumenau e dispara: ‘Sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês’ #GloboLixo pic.twitter.com/xfW7xnxPWl — SAM - The Detective of ZV 🕵🏻‍♂️ (@Samhds2) April 6, 2023

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n