URGENTE: Senado contraria o STF e aprova o Marco temporal URGENTE: Senado contraria o STF e aprova o Marco temporal URGENTE: Senado contraria o STF e aprova o Marco temporal Pular para o conteúdo principal
;

URGENTE: Senado contraria o STF e aprova o Marco temporal



O Projeto de Lei que estabelece um marco temporal para demarcação de terras indígenas foi aprovado pelo Senado nesta quarta-feira (27). O texto-base do projeto foi aprovado por 43 votos a favor e 21 votos contra. A proposta determina que os povos indígenas só poderão reivindicar a posse de áreas que ocupavam de forma permanente até o dia 5 de outubro de 1988, data da promulgação da Constituição. No entanto, o projeto ainda precisa passar por uma análise de destaques antes de ser finalizado.

A aprovação vai contra uma decisão recente do Supremo Tribunal Federal (STF), que considerou essa tese do marco temporal como ilegal. O projeto foi liderado pela bancada ruralista e teve um processo de aprovação rápido, com a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovando o texto no início da tarde, mesmo sem estar na pauta do plenário.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, declarou que a votação do texto pelo Senado não representa um “enfrentamento” ao tribunal e classificou o gesto do Congresso como “muito natural”. Segundo o parlamentar, este tipo de tema deve ser tratado pelo parlamento.

Além de estabelecer o marco temporal, o projeto prevê uma série de mudanças nas regras de demarcação de terras indígenas, incluindo:

Autorização para garimpos e plantação de transgênicos dentro de terras indígenas;
Possibilidade de contato com povos isolados;
Possibilidade de realização de empreendimentos econômicos sem que os povos afetados sejam consultados;

Celebração de contratos, entre indígenas e não-indígenas, para exploração de atividades econômicas nos territórios tradicionais;

Previsão de que a interrupção da posse indígena ocorrida antes de outubro de 1988, independentemente da causa, inviabiliza o reconhecimento da área como tradicionalmente ocupada. A exceção é para caso de conflito de posse no período.

 Neste caso, o marco temporal não seria aplicado em caso de expulsão dos indígenas. Especialistas avaliam, no entanto, que é difícil comprovar o conflito e a expulsão.
Previsão de que o governo indenize a desocupação das terras e valide títulos de propriedade em terras das comunidades indígenas.

Garantia de que não indígenas que tenham invadido áreas de comunidades sejam indenizados.

Gazeta Brasil

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado