Sem “boquinha”, Jean Wyllys perde a cabeça e vai para a "briga" com José de Abreu "agora é no cuspe" Sem “boquinha”, Jean Wyllys perde a cabeça e vai para a "briga" com José de Abreu "agora é no cuspe" Sem “boquinha”, Jean Wyllys perde a cabeça e vai para a "briga" com José de Abreu "agora é no cuspe" Pular para o conteúdo principal

Sem “boquinha”, Jean Wyllys perde a cabeça e vai para a "briga" com José de Abreu "agora é no cuspe"


A briga agora é entre dois adeptos da “cusparada”.

O ex-deputado Jean Wyllys e o ator José de Abreu.

O ator tomou as dores de Paulo Pimenta.

José de Abreu saiu em defesa do ministro da Secom, após Jean Wyllys criticá-lo e afirmar que foi sabotado para não conseguir uma vaga no governo do PT.

No Twitter, o ator disse que Wyllys "pagou mico" ao criticar publicamente Pimenta, e acusar o ministro de sabotá-lo.

Para Abreu, o ex-deputado "bancou" a disputa, mas "perdeu".

"Jus esperneandi", debochou o ator ao usar a expressão que alude, jocosamente, ao espernear por inconformidade com o fato ocorrido.

Em outra postagem, José de Abreu ironizou o ex-deputado. "AeroWillys denota idade", escreveu.

Jean Wyllys não gostou do posicionamento de Abreu e detonou o ator.

Eis o que ele acaba de publicar:
Querido Zé de Abreu, carinhosamente chamado por nós de Zédia, eu te admiro e te respeito muito, muito. Mas eu tenho a lhe dizer que “mico” mesmo é quem, como você, fica no auditório batendo palmas para mau-caráter ao sabor de seu comando.

Eu sou livre, meu nêgo! Decente e digno.
Essa história sobre a qual você decidiu opinar se colocando contra mim não lhe diz respeito. Você me insulta sem saber de nada do que aconteceu.

Como o ‘analista de Bagé’ que sua persona pública encarna, você tendo sido vítima do que eu fui diria coisa pior da pessoa que fez o que fez comigo. Mas eu lhe digo que nem mesmo você, artista talentoso e que eu respeito, vai me assediar publicamente e tentar me impor silêncio sobre o mau-caratismo de que fui vítima.

Nem a lawfare de Eduardo Leite e seu governo que vai privatizar prisões com o aval do PT no RGS - num país em que pretos pobres já são encarcerados em massa e mortos como moscas pelas polícias (como na Bahia, onde o PT governa há quase 20 anos) - silenciaram-me; nem o fascismo cívico-militar que derrubou Dilma num golpe, prendeu Lula injustamente, assassinou Marielle e me expulsou para o exílio me silenciou.

Nem a imprensa canalha que repercute agora seu insulto consegue me calar. Então, querido amigo, não será seu assédio de mico de auditório que vai conseguir me calar. Desista.

Aliás, esse papel não lhe cai, soa canastrão, além de estar baseado num patético pacto de esquerdo-machos assombrados por um homem gay que ousou dizer a verdade sobre a baixeza do ‘fogo amigo’ num governo parasitado pela direita.

Aliás, é melhor que vocês me deixem em paz.
Eu sou melhor para vocês em paz do que desencadeado.
A extrema-direita e a imprensa antipetista já sabem disto há tempos.
Espanta-me que o analista de Bagé ainda não o saiba mesmo tendo acompanhado minha atuação política na história recente do Brasil.
Você é muito mais que um mico de auditório, Zédia.
Eu acreditava nisto.

Um abraço carinhoso para você e sua família, querido.

Na confusão entre essas duas figuras, tem muita gente torcendo pela briga.

Jornal da Cidade
VOCÊ PODE NOS AJUDAR COM DOAÇÕES DE QUALQUER VALOR ATRAVÉS DO PIX:EMAIL:JORNALDADIREITAONLINE@OUTLOOK.COM

Postagens mais visitadas deste blog

Gigante atacadista fechará suas últimas 24 lojas e encerrará suas atividades no Brasil

A rede atacadista Makro encerrará suas atividades no Brasil, fechando as últimas 24 lojas ainda em atividade no país. Foram 50 anos de história em solo brasileiro, ultrapassando a marca de 50 lojas espalhadas por vários estados. Nos últimos anos, a empresa repassou 30 lojas para o Atacadão, captando R$ 1,95 bilhão com a venda. Agora, a empresa contratou o Santander para encontrar um comprador para as lojas remanescentes e espera obter R$ 2 bilhões, de acordo com o Estadão. A rede Makro é administrada pelo grupo holandês SHV que desistiu de competir com outras redes atacadistas disponíveis no Brasil. Além desta razão, segundo a reportagem, é que a matriz já deixou de atuar como varejista na Europa há mais de 20 anos e também está encerrando suas lojas na Ásia e na África. Pleno News

Homem interrompe Globo ao vivo em velório de crianças em Blumenau: “Sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês, vagabundos”; ASSISTA AO VÍDEO

O velório das quatro crianças que morreram no ataque à creche em Blumenau ocorre ao longo desta quinta-feira (6), na cidade catarinense.  Durante uma entrada ao vivo do repórter Felipe Sales na TV Globo em frente ao cemitério, um homem interrompeu a transmissão. “O sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês, seus vagabundos”, disse, batendo palmas ao lado do repórter. Homem interrompe Globo ao vivo em velório de crianças em Blumenau e dispara: ‘Sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês’ #GloboLixo pic.twitter.com/xfW7xnxPWl — SAM - The Detective of ZV 🕵🏻‍♂️ (@Samhds2) April 6, 2023

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n