Padre deixa homem morrer em festinha gay Padre deixa homem morrer em festinha gay Padre deixa homem morrer em festinha gay Pular para o conteúdo principal
;

Padre deixa homem morrer em festinha gay


 A Promotoria de Dabrowa Górnicz, na Polônia, investiga o bispo Tomasz Zmarzly, de 48 anos de idade, por supostamente não ter prestado socorro a um homem durante uma festa sexual em seu apartamento. As informações são do jornal polonês Gazeta Wyborcza.

Na semana passada, um grupo de padres dessa cidade do sul organizou uma festa em um apartamento residencial pertencente à paróquia de Dabrowa Górnicz, na qual várias pessoas, incluindo um garoto de programa, consumiram drogas.

O garoto de programa teria perdido a consciência, e alguns dos presentes chamaram uma ambulância. No entanto, quando os paramédicos chegaram, eles foram barrados por Tomasz Zmarzly, que não autorizou a entrada dos socorristas.

Uma investigação foi aberta contra o padre por possível omissão de socorro a uma pessoa em perigo de saúde, crime que pode resultar em penas de até três anos de prisão na Polônia.

Repercussão

Na quinta-feira à noite, um homem incendiou as portas da basílica da paróquia onde a festinha aconteceu, sendo posteriormente detido. O incêndio, que foi apagado pelos bombeiros, não deixou feridos.

No dia seguinte, a diocese de Sosnowiec anunciou que o bispo em questão havia sido afastado de todas as suas funções eclesiásticas "até que o assunto seja esclarecido". Por sua vez, a revista católica Niedziela informou que encerrou sua colaboração com o padre, que era o editor-chefe da edição da cidade de Sosnowiec.

Além disso, em 24 de setembro, uma carta foi lida em todas as igrejas da diocese, pedindo desculpas por esses "acontecimentos dolorosos" e mencionando "sacerdotes envergonhados", sem dar mais detalhes a respeito.

Segundo a Gazeta Wyborcza, vários padres da diocese de Sosnowiec afirmam que todos sabiam da sexualidade de Tomasz. "Somos especialistas em fingir", comentaram os clérigos.

FONTE: Revista Forum

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado