Oposição no Congresso em Pé de Guerra Anuncia Medidas Drásticas Contra Decisões do STF Oposição no Congresso em Pé de Guerra Anuncia Medidas Drásticas Contra Decisões do STF Oposição no Congresso em Pé de Guerra Anuncia Medidas Drásticas Contra Decisões do STF Pular para o conteúdo principal
;

Oposição no Congresso em Pé de Guerra Anuncia Medidas Drásticas Contra Decisões do STF

Líder da oposição, senador Rogério Marinho anuncia obstrução da pauta (TV Senado/Reprodução)

Deputados e senadores da oposição anunciaram na terça-feira (26) sua intenção de obstruir a pauta do Congresso Nacional em protesto contra decisões recentes do Supremo Tribunal Federal (STF). Isso ocorreu em resposta ao avanço de pautas consideradas progressistas, como a descriminalização do aborto e da maconha, a reintrodução do imposto sindical e a revogação do marco temporal das terras indígenas.

O líder da oposição no Senado, Rogério Marinho (PL-RN), destacou que a obstrução representa uma “demonstração de insatisfação” devido ao “abalo” nas relações entre os poderes. Ele enfatizou a necessidade de debater esses assuntos dentro do Legislativo, como representante do povo brasileiro.

A obstrução é um recurso parlamentar usado para impedir a votação de projetos, incluindo pronunciamentos, solicitações de adiamento de debates e a saída do Plenário para evitar o quórum.

A decisão foi anunciada durante uma coletiva de imprensa que contou com a presença de representantes da direita, como os deputados Carla Zambelli (PL-SP) e Nikolas Ferreira (PL-MG), os senadores Magno Malta (PL-ES) e Carlos Portinho (PL-RJ) e membros da bancada ruralista, como a senadora Tereza Cristina (PP-MS).

Além disso, Marinho informou que apresentará uma proposta de plebiscito nacional sobre a descriminalização do aborto, para a qual já obteve 45 assinaturas, superando o mínimo exigido de 27. Durante a coletiva, a deputada Priscila Oliveira (PL-SP), que está grávida, fez um discurso com uma miniatura de um feto nas mãos.

A mobilização dos conservadores representa uma resposta às decisões do STF que, na visão deles, afetam valores morais e tradicionais. A presidente da Corte, Rosa Weber, colocou em pauta ação relacionada à descriminalização do aborto, votando a favor da interrupção da gravidez até a 12ª semana na última sexta-feira. O ministro Luís Roberto Barroso pediu destaque, suspendendo o julgamento, que agora seguirá para o plenário presencial.

A Corte também está analisando a descriminalização do porte de maconha para uso pessoal, com um placar de 5 votos favoráveis e 1 contrário, até que o ministro André Mendonça solicite vista do processo.

Por fim, o julgamento do marco temporal causou irritação, especialmente entre os membros da bancada ruralista. Essa tese estabelece que uma área só pode ser demarcada se os povos indígenas comprovarem que a ocupavam até 5 de outubro de 1988, data da promulgação da Constituição. A medida foi considerada inconstitucional por 9 votos a 2 pelos ministros do STF.

Gazeta Brasil

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado