Novo RG, agora é obrigatório, mas o prazo é elástico de 10 anos Novo RG, agora é obrigatório, mas o prazo é elástico de 10 anos Novo RG, agora é obrigatório, mas o prazo é elástico de 10 anos Pular para o conteúdo principal
;

Novo RG, agora é obrigatório, mas o prazo é elástico de 10 anos

 


O RG tradicional vai deixar de existir! Isso mesmo: o Governo Federal determinou que, em breve, todos os brasileiros terão que adotar o novo modelo do documento, que é mais seguro e prático. 
A medida visa padronizar a documentação em todo o território nacional. 

Mas qual é o prazo para fazer a mudança em 2023? 
O RG é um dos documentos mais essenciais para os brasileiros, com o CPF. Também conhecido como Carteira de Identidade, o RG sofreu várias alterações nos últimos anos, sendo a mais significativa a criação do novo RG

A seguir, veja tudo que você precisa saber sobre o novo modelo do documento, e como solicitá-lo. 

Novo RG tem muitos benefícios! 
O novo RG não é só uma versão digital do documento antigo! Na verdade, o RG digital só pode ser acessado após emitir o documento físico, que pode ser feito de papel ou policarbonato. 
O novo RG é mais avançado e tecnológico que o antigo, e oferece muitos benefícios para os brasileiros. 

Confira alguns deles: 
  • Código MRZ: O novo RG tem um código de segurança especial, igual ao que é usado nos passaportes; 
  • Estética: O design do documento é igual para todos os estados do Brasil; 
  • Informações especiais: Os brasileiros podem incluir dados de saúde como tipo sanguíneo e informações sobre doação de órgãos no RG digital (isso já poderia ser feito no modelo atual de RG); 
  • Registro Geral: No novo RG, o número do CPF será usado para identificar o RG, facilitando a vida dos cidadãos (isso também pode ser feito no modelo atual); 
  • Autenticação digital: Por meio de um QR Code, a identidade dos brasileiros poderá ser verificada pela internet nos aplicativos Gov.br; 
  • Substituição do passaporte: Além disso, os brasileiros também poderão usar o novo RG como substituto do passaporte em viagens internacionais para países do Mercosul (Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela). 

Quem pode tirar o novo RG? 

Todos os cidadãos brasileiros têm direito a emitir o novo RG
O mesmo vale para os estrangeiros naturalizados, e os portugueses com igualdade de direitos. O processo de emissão é feito presencialmente, geralmente. Na hora de agendar a emissão, alguns grupos têm prioridade: 
  • Idosos com mais de 60 anos; 
  • Pessoas com Deficiência (PCDs); 
  • Gestantes; Lactantes; 
  • Pessoas com crianças de colo; 
  • Pessoas com obesidade; 
  • Pessoas no espectro autista. 

Em alguns casos, esses grupos podem emitir o novo RG sem precisar de agendamento prévio. 

Quais estados já emitem o novo RG? 

Segundo a lei original do novo RG, todos os estados brasileiros deveriam ter se adaptado ao novo modelo até o dia 6 de março deste ano. Porém, isso não aconteceu. Devido a problemas orçamentários e mudanças de governo causadas pelas eleições, poucos estados conseguiram se adaptar ao novo processo de emissão. 
Por isso, o Governo Federal decidiu prorrogar o prazo de adaptação para 6 de novembro. Até essa data, todos os estados devem emitir o novo RG
Até agora, 12 estados brasileiros já estão emitindo o novo RG

Veja a lista completa: 
  • Acre, 
  • Alagoas, 
  • Amazonas, 
  • Goiás, 
  • Mato Grosso, 
  • Minas Gerais, 
  • Pernambuco, 
  • Piauí, 
  • Paraná, 
  • Rio de Janeiro, 
  • Rio Grande do Sul, 
  • Santa Catarina. 

Qual é o prazo para trocar o RG antigo pelo novo?

 De acordo com o Governo, os brasileiros devem trocar o RG antigo pelo novo em até 10 anos depois da publicação da portaria que define o documento digital.

Mas atenção: 
O novo RG tem prazo de validade.  De acordo com uma portaria publicada em 2022, os brasileiros têm até 2032 para trocar o documento antigo pelo novo. E quem for renovar o RG nos estados que já aderiram ao novo modelo, receberá automaticamente a versão atualizada.

A validade do novo RG varia conforme a idade do solicitante. Confira a tabela abaixo:
 
  • Idade 0 a 10 anos Validade 5 anos
  • Idade12 a 60 anos Validade 10 anos
  • Mais de 60 anos Validade Indeterminada
Os idosos com mais de 60 anos não são obrigados a trocar o RG antigo pelo novo, mas podem fazer isso se quiserem aproveitar as vantagens do documento. 

Veja como solicitar a emissão do novo RG obrigatório:

  • Procure o órgão emissor do seu estado (consulte o site do governo estadual para saber o endereço);
  • Informe ao atendente que você quer emitir o novo RG;
  • Leve os documentos necessários (certidão de nascimento ou casamento, RG anterior, comprovante de residência, CPF, foto 3×4 recente, PIS/PASEP, CNH, cadastro nacional de saúde, carteira de trabalho, identidade profissional e comprovante de tipo sanguíneo);
  • Acesse sua conta Gov.br para garantir a individualidade do documento (se você ainda não tem essa conta, clique aqui para aprender como criar);
  • Aguarde o prazo informado pelo atendente para retirar o documento no órgão;
  • Baixe sua versão digital do RG no app Gov.br.

Para saber mais sobre o novo RG obrigatório e tirar suas dúvidas, acesse o site oficial do Governo: https://www.gov.br/governodigital/pt-br/teste-css/identidade-digital/carteira-de-documentos-digitais.

Os seus documentos agora podem ficar na palma das suas mãos!

A tecnologia está avançando cada vez mais e trazendo facilidades para o nosso dia a dia. Uma delas é a possibilidade de ter os seus documentos digitais no seu celular, sem precisar carregar papelada por aí. Eles são seguros e válidos em todo o território nacional.

Atualmente, você pode ter os seguintes documentos digitais no seu celular:
  • Carteira de Trabalho Digital 
  • Título de Eleitor
  • RG
  • CNH 
  • CPF
  • Carteira do SUS 

Lembrando a militância de plantão que esse novo documento foi idealizado no governo anterior de Jair Messias Bolsonaro, e só não foi implementado antes porque 2022 foi ano eleitoral.


Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado