Em entrevista, Bolsonaro fala tudo que pensa e repudia narrativa de golpe (Veja o Vídeo) Em entrevista, Bolsonaro fala tudo que pensa e repudia narrativa de golpe (Veja o Vídeo) Em entrevista, Bolsonaro fala tudo que pensa e repudia narrativa de golpe (Veja o Vídeo) Pular para o conteúdo principal
;

Em entrevista, Bolsonaro fala tudo que pensa e repudia narrativa de golpe (Veja o Vídeo)


A entrevista do ex-presidente Jair Bolsonaro à Rádio Grande FM, nesta terça-feira (6), foi talvez a mais emblemática e direta sobre os atos do dia 8 de janeiro, em Brasília, quando milhares de pessoas se manifestavam pacificamente na Esplanada do Ministérios, mas acabaram surpreendidos por alguns grupos que invadiram e depredaram os prédios dos Três Poderes.


Mais de 1300 pessoas acabaram presas, desde então. A maioria ainda na mesma semana, outras ao longos dos últimos quatro meses e meio.

Um amplo inquérito coletivo e com diversas denúncias de irregularidades por parte de advogados, familiares e parlamentares, foi instaurado.

Chama atenção ainda inúmeros detalhes que indicam que o vandalismo foi premeditado e contou com a participação de membros do próprio governo, o que levou a vazamentos de imagens e vídeos.


A comprovação de que relatórios foram adulterados e até a demissões no GSI, o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República.

A CPMI recém instalada, entretanto, foi atravessada por governistas em quantidade e ‘cadeiras’ estratégicas e há uma luta hercúlea para que a verdade prevaleça.

Com base em todos os fatos relatados acima, Jair Bolsonaro fez sua mais forte declaração:

“Foram mais de 100 ônibus vindo de fora de Brasília para cá e alguns poucos desses, a inteligência levantou, tivemos acesso a esses documentos, eram pessoas que queriam fazer aquilo. E apesar do GSI receber informações de que atos de vandalismo pudessem acontecer, nenhuma medida foi tomada”, disse o capitão.

E prosseguiu, repudiando as falsas narrativas de que conservadores ‘são terroristas’, e cobrando justiça para os que estão, segundo ele, injustamente presos:

"Nós queremos a verdade acima de tudo, até para tirar fora essa ‘pecha’ de que somos golpistas. Ninguém queria dar golpe. E que esses que fizeram esses atos de vandalismo sejam punidos. E as pessoas de bem, umas 300 ainda presas, sejam postas em liberdade e essas mais de mil que estào de tornozeleira, 99.9% são pessoas de bem, se vejam livres dessas falsas acusações de golpistas, de terroristas e outros ‘istas’ aí que a esquerda botou em nós”, concluiu Bolsonaro.

Uma demonstração de que o ex-presidente está acompanhando tudo de perto e jamais se omitiu, trabalhando para que toda a verdade venha à tona… ainda que os governistas insistam em suas cortinas de fumaça….

Mas se o Palácio do Planalto jura que não tem nada a ver com isso e é vítima, por que tentou impedir a CPMI? Do que Lula têm medo?

Assista:


Jornal da Cidade 

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado