Crise sem fim: Globo demite um de seus principais comentarista esportivo após 21 anos Crise sem fim: Globo demite um de seus principais comentarista esportivo após 21 anos Crise sem fim: Globo demite um de seus principais comentarista esportivo após 21 anos Pular para o conteúdo principal
;

Crise sem fim: Globo demite um de seus principais comentarista esportivo após 21 anos



Nesta quinta-feira (13), o jornalista Maurício Noriega, de 55 anos, um dos principais comentaristas esportivos da Rede Globo, foi dispensado. 

Sua demissão acontece na mesma semana em que dezenas de profissionais, a maioria comunicadores com muitos anos de casa e que ganhavam salários altos, foram cortados da emissora.


Em entrevista ao colunista Gabriel Vaquer do site Notícias da TV, Noriega, confirmou:

– Foi hoje, acontece, vida que segue.

Apesar da lamentável notícia, pelo Instagram, o comentarista disse que “hoje é dia de gratidão” e relembrou nomes de grandes amigos que abriram “as portas do SporTV em 2001”.

Antes de chegar na Globo, o jornalista, que também é autor dos livros: Os 11 Maiores Técnicos do Futebol Brasileiro, Oswaldo Brandão: Libertador Corintiano, Herói Palmeirense e Rivellino passou pelo Diário de São Paulo, Gazeta Esportiva e Rádio Bandeirantes.


Em 2022, Maurício foi contratado para ocupar o cargo de comentarista de futebol em transmissões do SportTV em São Paulo. No canal, o profissional passou pelo Arena SporTV (2003-2014), Bem, Amigos! (2003-2022), Redação, Tá na Área, Troca de Passes e da edição inaugural do Seleção SporTV, na Copa do Mundo de 2006.

Por seis vezes, o jornalista ganhou o prêmio de melhor comentarista pela Associação de Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo (Aceesp). Maurício é filho único do renomado narrador Luiz Noriega (1930-2012).

AGRADECIMENTO
Hoje é dia de Gratidão!

Agradeço aos amigos João Henrique Pugliesi e Alexandre Boyd por terem aberto as portas do SporTV para mim lá em 2001.

Agradeço aos amigos Daniel de Paula e ao saudoso Paschoal Filho por me oferecerem a oportunidade de ser comentarista de TV.

Agradeço a Eduardo Moreno, Carlos Cereto e Idival Marcuso por me conduzirem em minha estreia num sonolento zero a zero entre União São João de Araras e Caxias, em agosto de 2002.

Agradeço ao Emanuel Castro por me dar a chance de ser Chefe de Reportagem, Comentarista e Apresentador do SporTV em todos os programas da casa – exceto o SporTV News -, inclusive lançando o Seleção SporTV e ancorando coberturas de Pan, Copa América, Mundial de Clubes, Mundial de Basquete e Euro.

Agradeço a Marco Mora pela oportunidade de ser apresentador do Show do Intervalo e comentarista do Bom Dia São Paulo e do SPTV. A ele e a Luís Fernando Lima serei eternamente grato pela incrível solidariedade prestada quando da morte de meu amado pai.

Agradeço a Raúl Costa Jr., Mário Jorge Guimarães e Alfredo Taunay por me proporcionarem os melhores anos de minha vida profissional entre 2009 e 2018. Pude participar de eventos históricos da TV brasileira, como as coberturas da Copa de 2014 e da Olimpíada do Rio, que deu até no New York Times. Pude conduzir o Fogo Olímpico. Estive em inúmeras finais de Libertadores, Copa do Brasil, Copa América, Euro, ganhei prêmios, participei da transmissão da final da Copa América de 2015, recorde na TV por assinatura.

Agradeço a amigos como Luiz Carlos Júnior e Lédio Carmona, Jota Junior, Victorino Chermont e Deva Pascovicci (em memória), Odinei, Ricardinho, Hernan, Tchê, Abel, Mauro Naves, PC, Lino, Galvão.

Dedico um obrigado muito especial ao meu parceiro, Milton Leite, companheiro de jornadas históricas, cuja amizade levo como um tesouro.

Agradeço aos quase 21 anos de trajetória no SporTV, que me deu a oportunidade de ser o profissional que hoje sou. Comentei duas finais de Copa. Tenho orgulho do que construí, sendo sempre ético, correto e fiel à minha agenda: profissionalismo e retidão.


Pleno News 

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado