Bolsonaro solta o verbo sobre quarentena para juízes e PMs e promete veto, (Veja o Vídeo)
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo

Bolsonaro solta o verbo sobre quarentena para juízes e PMs e promete veto, (Veja o Vídeo)


Em transmissão ao vivo pelas redes sociais nesta quinta-feira (16), o presidente Jair Bolsonaro criticou a decisão da Câmara dos Deputados de voltar com a quarentena eleitoral para magistrados, procuradores, policiais e militares no texto do novo Código Eleitoral.

 A medida havia sido derrubada na semana passada, mas uma articulação do presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), trouxe de volta o mecanismo ao texto.

O placar final da votação terminou em 273 votos a favor, 211 contrários e três abstenções. No total, a volta da quarentena contou com o apoio de lideranças do MDB, PSDB, PSD, PL, PCdoB, Cidadania, Avante, DEM, PT e Republicanos.

Ao falar sobre a medida, Bolsonaro disse esperar que não passe no Senado.

– Vocês que é militar da ativa, bombeiro, policial, juiz, militar das Forças Armadas. Para você ser candidato, é preciso estar há cinco anos na reserva. Um absurdo isso aqui. Vai para o Senado. Espero que o Senado não aprove isso aqui – apontou.

Para o presidente, a medida é uma maneira de excluir os militares da política.

– Veja, o cara sai da cadeia e já pode se candidatar a presidente da República. E você, militar da ativa, não pode ser candidato a vereador. Isso não tem cabimento. É querer alijar os militares de maneira geral da política – ressaltou.

Ele então prometeu vetar o trecho caso seja aprovado no Senado.

– Obviamente, se passar no Senado, que eu acho que não passa, a gente veta. E aí volta para o Congresso, que mantém ou não o veto – destacou.

Por fim, Bolsonaro lembrou que o texto contou com o apoio de partidos de esquerda.

– E como votaram os partidos de esquerda? Tá na cara que votaram a favor. Eles querem, cada vez mais, os militares fora da política – criticou.



Fonte; Pleno News

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem