“O povo é que tem de nos dar o norte sobre o que devemos fazer”, declara Bolsonaro.
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo

“O povo é que tem de nos dar o norte sobre o que devemos fazer”, declara Bolsonaro.


Nesta Terça-feira, 17 de Agosto, o Presidente da República Jair Bolsonaro participou de uma entrevista à rádio Capital Notícia, do Mato Grosso, e afirmou que o povo precisa dar o “norte” sobre o que o Governo deve fazer.

Ele reiterou as suas críticas aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, que além de ministro é Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Leia abaixo sua declaração:

“Continuamos dentro das quatro linhas [da Constituição]. Do lado de lá, já saíram das quatro linhas. Em alguns momentos já saíram. A gente espera que voltem para a normalidade, porque ninguém quer uma ruptura. Uma ruptura tem problemas internos e externos. 

O mundo pode levantar barreiras comerciais contra a gente, causar um caos aqui dentro. E eu tenho de agir dentro das quatro linhas, apesar de alguns como Alexandre de Moraes e [Luis Felipe] Salomão, [corregedor-geral] do TSE [Tribunal Superior Eleitoral] estarem fora das quatro linhas”, disse Bolsonaro.

No próximo dia 7 de Setembro, está programada uma grande manifestação de seus apoiadores. Sobre isso, Bolsonaro afirma que é leal ao povo brasileiro e que o povo precisa orientá-los sobre o que fazer:

Agora, onde é o limite disso? Sou leal ao povo brasileiro, que vai estar na rua no dia 7 de setembro. Tenho evento em Brasília. Não falei se vou participar ou não no evento de Brasília ou de São Paulo. Sou presidente e posso participar. O povo é que tem de nos dar o norte sobre o que devemos fazer”.


*Revista Oeste

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem