Girão solta o verbo acusa Barroso de interferência em votação do voto auditável na Câmara
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo

Girão solta o verbo acusa Barroso de interferência em votação do voto auditável na Câmara


O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) acusou o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), de ter agido para derrubar a proposta do voto impresso nas votações da Câmara.

Segundo Girão, Barroso se reuniu com líderes partidários e, após o encontro, algumas legendas mudaram de posição em relação ao tema. 

O voto impresso foi derrotado na comissão especial da Câmara, mas será submetido à apreciação geral do plenário da casa. A expectativa é que a votação ocorra ainda nesta terça-feira (10).

Girão falou sobre o tema durante a reunião da CPI da Covid desta terça.

O argumento do senador é também utilizado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem