Bolsonaro critica decisões do STF e diz Fachin “soltou 30 mil vagabundos”
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo ou através do PIX EMAIL: pordentrodapolitica2022@gmail.com

Bolsonaro critica decisões do STF e diz Fachin “soltou 30 mil vagabundos”



Nesta quinta-feira (17), o presidente Jair Bolsonaro criticou as decisões do Supremo Tribunal (STF) durante a pandemia da covid-19, e disse que Edson Fachin “soltou 30 mil vagabundos”.

“Se não me engano, foi o próprio Fachin que libertou mais de 30 mil vagabundos por ocasião da pandemia”, disse o presidente.

As críticas ocorreram após o chefe do executivo lamentar, em sua live semanal nas redes sociais, as mortes de dois policiais militares no Rio de Janeiro.


Em dezembro de 2020, o ministro expediu habeas corpus coletivo para que fosse concedida prisão domiciliar a todos os detentos enquadrados no grupo de risco do coronavírus.

 A decisão valeria apenas para os detentos de unidades superlotadas e em regime semiaberto que não cometeram crimes violentos. Segundo estimativa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a medida poderia beneficiar 41 mil presos.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem