Rosa Weber suspende decretos de Bolsonaro sobre armas um dia antes de entrar em vigor.
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo ou através do PIX EMAIL: pordentrodapolitica2022@gmail.com

Rosa Weber suspende decretos de Bolsonaro sobre armas um dia antes de entrar em vigor.


Na noite desta segunda-feira (12), a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber suspendeu em decisão monocrática, trechos dos quatro decretos sobre porte e posse de arma editados pelo presidente Jair Bolsonaro em fevereiro. Os textos passam a valer nesta terça (13).

Na decisão provisória, Rosa Weber diz que inúmeros estudos revelam uma “inequívoca correlação entre a facilitação do acesso da população às armas de fogo e o desvio desses produtos para as organizações criminosas, milícias e criminosos em geral, por meio de furtos, roubos ou comércio clandestino, aumentando ainda mais os índices gerais de delitos patrimoniais, de crimes violentos e de homicídios.”


Entre os pontos suspensos pela decisão da Rosa Weber está a possibilidade de compra de até seis armas de fogo por pessoa, prevista em um quatro decretos assinados por Bolsonaro em fevereiro deste ano.



“Entendo que a livre circulação de cidadãos armados, carregando consigo múltiplas armas de fogo, atenta contra os valores da segurança pública e da defesa da paz, criando risco social incompatível com os ideais constitucionalmente consagrados que expressam, por exemplo, o direito titularizado por todos de reunirem-se, em locais abertos e públicos, pacificamente e sem armas.”



A decisão da ministra tem efeito imediato, mas será levada a referendo do plenário do Supremo. O presidente da corte, Luiz Fux, precisa marcar o julgamento.
*Gazeta Brasil

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem