Prefeitos do interior de SP avaliam desobedecer lockdown de Doria Prefeitos do interior de SP avaliam desobedecer lockdown de Doria Prefeitos do interior de SP avaliam desobedecer lockdown de Doria Pular para o conteúdo principal
;

Prefeitos do interior de SP avaliam desobedecer lockdown de Doria



Prefeitos do interior do estado de São Paulo estão planejando uma possível reação ao decreto do governador João Doria, que determinou que o estado recuasse para a fase vermelha. 

Com a medida, apenas atividades consideradas essenciais são permitidas, inclusive as escolas; todas as regiões do estado estarão em alerta máximo a partir da zero hora deste sábado (6) até 19 de março.


Com o fechamento de serviços considerados não essenciais, além do toque de recolher durante a noite, gestores municipais avaliam não obedecer o decreto, deixando abertos estabelecimentos como bares, restaurantes e academias – para receberem clientes presencialmente.

De acordo com o site UOL, já há uma articulação em um grupo de WhatsApp dos prefeitos. Segundo o UOL, os gestores questionavam o decreto mais restritivo.

– Não ficou decidido nada neste sentido, apenas o aumento das restrições – disse um prefeito que não se identificou ao UOL.


Outros dois gestores lembraram que, em uma reunião com Doria, eles haviam pedido uma ação de restrição, mas se surpreenderam com a medida considerada “radical”.

O prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira (PSDB), do mesmo partido de Doria, já adiantou que não pretende seguir a medida imposta pelo correligionário.

Já o prefeito de Mirandópolis, Everton Sodário, foi além, e disse que esperava “outro tipo de anúncio” de João Doria.

– João Doria está avaliando decretar mais uma vez o fechamento total do estado de SP nos próximos dias. O que a gente gostaria de ouvir é que o João Doria está avaliando renunciar ao cargo de governador e mudar de vez pra Miami – escreveu.

Sodário já avisou sua equipe que não irá cumprir a determinação de Doria e que somente seguirá as normas se a Justiça o obrigar.

*Pleno News

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado