Moraes atende PSOL e suspende projeto da Ferrogrão
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo

Moraes atende PSOL e suspende projeto da Ferrogrão



O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, decidiu, na última segunda-feira (15), suspender o projeto que prevê a construção da Ferrogrão, ferrovia prevista para ligar o Mato Grosso e o Pará.

O objetivo da ferrovia era facilitar o escoamento do agronegócio da região. Moraes atendeu a um pedido de liminar do PSOL.

O projeto da Ferrogrão prevê 933 km de trilhos, com investimento estimado em R$ 12 bilhões, ligando Sinop (MT) a Miritituba (PA), nas margens do Rio Tapajós.


O governo Jair Bolsonaro já declarou que pretende fazer o leilão no fim deste ano.

A decisão do relator deverá ser levada ao plenário virtual do STF a partir de sexta-feira (19), quando os demais magistrados da Corte decidirão se a confirmam ou não.

A interpretação do ministro do STF é que o traçado da ferrovia cortaria a unidade de conservação federal Parque Nacional do Jamanxim, no Pará, provocando danos ao meio ambiente.

*Renova Mídia

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem