Extremista recebido por ministro de Lula zomba de mulher sequestrada Extremista recebido por ministro de Lula zomba de mulher sequestrada Extremista recebido por ministro de Lula zomba de mulher sequestrada Pular para o conteúdo principal

Extremista recebido por ministro de Lula zomba de mulher sequestrada


Recebido pelo ministro Alexandre Padilha, das Relações Institucionais do governo Lula, às vésperas do ataque do Hamas contra Israel, o extremista Sayid Tenório, vice-presidente do Instituto Brasil-Palestina, zombou na rede social X, ex-Twitter, de uma mulher sequestrada por terroristas.


“Isso é marca de merda. Se achou nas calças”, disparou ele, acrescentando um emoji de risada, diante do vídeo que mostra terroristas armados retirando do porta-malas de um jipe e conduzindo pelos cabelos até o banco de trás uma refém ensanguentada, de mãos atadas e calça manchada na altura das nádegas.

O comentário foi uma resposta à usuária identificada como Eva, que publicou as referidas imagens acompanhadas da pergunta: “Estuprar civil ajuda no que a Palestina?”

Embora Lula tenha omitido o nome do Hamas em suas “condolências aos familiares das vítimas” dos ataques terroristas de sábado, o também negacionista Sayid Tenório havia acabado de criticar o presidente na rede social, negando o terror do Hamas, sem distinguir seus membros e os palestinos inocentes:

“Que declaração fajuta. Que ataque terrorista o que, Lula! Os palestinos têm o direito de resistir a [sic] opressão e o [sic] roubo de terras que Israel pratica há mais de 75 anos”, afirmou.

Cinco dias antes, Tenório havia publicado em outra rede social uma foto em que aparece ao lado de Padilha (um dos sete então deputados do PT que, segundo a Globo, assinaram um manifesto pró-Hamas em 2021):

“O Ministro Alexandre Padilha recebeu hoje o Instituto Brasil-Palestina, na pessoa do presidente Ahmed Shehada e desse amigo de vocês, ocasião [em] que dialogamos sobre o estreitamento das relações e do apoio do Governo brasileiro ao povo palestino”, escreveu.

O Antagonista, de modo transparente, trata como grupo terrorista o Hamas e, como extremista, qualquer movimento ou cidadão que defenda o terrorismo contra civis como um direito de resistência, sobretudo se minimiza ou zomba do sofrimento das vítimas. Este site trata, ainda, como negacionista, qualquer ativista – extremista ou não – que negue a realidade dos fatos em nome da causa que diz defender.

O Antagonista

Recebido pelo ministro Alexandre Padilha, das Relações Institucionais do governo Lula, às vésperas do ataque do Hamas contra Israel, o extremista Sayid Tenório, vice-presidente do Instituto Brasil-Palestina, zombou na rede social X, ex-Twitter, de uma mulher sequestrada por terroristas.


“Isso é marca de merda. Se achou nas calças”, disparou ele, acrescentando um emoji de risada, diante do vídeo que mostra terroristas armados retirando do porta-malas de um jipe e conduzindo pelos cabelos até o banco de trás uma refém ensanguentada, de mãos atadas e calça manchada na altura das nádegas.

O comentário foi uma resposta à usuária identificada como Eva, que publicou as referidas imagens acompanhadas da pergunta: “Estuprar civil ajuda no que a Palestina?”

Embora Lula tenha omitido o nome do Hamas em suas “condolências aos familiares das vítimas” dos ataques terroristas de sábado, o também negacionista Sayid Tenório havia acabado de criticar o presidente na rede social, negando o terror do Hamas, sem distinguir seus membros e os palestinos inocentes:

“Que declaração fajuta. Que ataque terrorista o que, Lula! Os palestinos têm o direito de resistir a [sic] opressão e o [sic] roubo de terras que Israel pratica há mais de 75 anos”, afirmou.

Cinco dias antes, Tenório havia publicado em outra rede social uma foto em que aparece ao lado de Padilha (um dos sete então deputados do PT que, segundo a Globo, assinaram um manifesto pró-Hamas em 2021):

“O Ministro Alexandre Padilha recebeu hoje o Instituto Brasil-Palestina, na pessoa do presidente Ahmed Shehada e desse amigo de vocês, ocasião [em] que dialogamos sobre o estreitamento das relações e do apoio do Governo brasileiro ao povo palestino”, escreveu.

O Antagonista, de modo transparente, trata como grupo terrorista o Hamas e, como extremista, qualquer movimento ou cidadão que defenda o terrorismo contra civis como um direito de resistência, sobretudo se minimiza ou zomba do sofrimento das vítimas. Este site trata, ainda, como negacionista, qualquer ativista – extremista ou não – que negue a realidade dos fatos em nome da causa que diz defender.

O Antagonista

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gigante atacadista fechará suas últimas 24 lojas e encerrará suas atividades no Brasil

A rede atacadista Makro encerrará suas atividades no Brasil, fechando as últimas 24 lojas ainda em atividade no país. Foram 50 anos de história em solo brasileiro, ultrapassando a marca de 50 lojas espalhadas por vários estados. Nos últimos anos, a empresa repassou 30 lojas para o Atacadão, captando R$ 1,95 bilhão com a venda. Agora, a empresa contratou o Santander para encontrar um comprador para as lojas remanescentes e espera obter R$ 2 bilhões, de acordo com o Estadão. A rede Makro é administrada pelo grupo holandês SHV que desistiu de competir com outras redes atacadistas disponíveis no Brasil. Além desta razão, segundo a reportagem, é que a matriz já deixou de atuar como varejista na Europa há mais de 20 anos e também está encerrando suas lojas na Ásia e na África. Pleno News

Homem interrompe Globo ao vivo em velório de crianças em Blumenau: “Sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês, vagabundos”; ASSISTA AO VÍDEO

O velório das quatro crianças que morreram no ataque à creche em Blumenau ocorre ao longo desta quinta-feira (6), na cidade catarinense.  Durante uma entrada ao vivo do repórter Felipe Sales na TV Globo em frente ao cemitério, um homem interrompeu a transmissão. “O sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês, seus vagabundos”, disse, batendo palmas ao lado do repórter. Homem interrompe Globo ao vivo em velório de crianças em Blumenau e dispara: ‘Sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês’ #GloboLixo pic.twitter.com/xfW7xnxPWl — SAM - The Detective of ZV 🕵🏻‍♂️ (@Samhds2) April 6, 2023

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n