Após proibição, Bolsonaro ironiza Moraes, "diálogo com o partido { irruu }era cabuloso", (veja o vídeo)
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal,

Após proibição, Bolsonaro ironiza Moraes, "diálogo com o partido { irruu }era cabuloso", (veja o vídeo)


O presidente Jair Bolsonaro (PL) ironizou, na manhã desta terça-feira (19), a decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que proibiu perfis de apoiadores do chefe do Executivo de publicarem conteúdos que liguem o ex-presidente Lula e o Partido dos Trabalhadores (PT) à morte do ex-prefeito Celso Daniel e à facção criminosa PCC.

No Twitter, Bolsonaro publicou dois tuítes fazendo referência ao assunto. No entanto, ao invés de citar nominalmente Lula, o PT e o PCC, o presidente da República “disfarçou” as palavras substituindo-as por seus significados e por onomatopeias como “irruu” e “irraa”.

– Lider da facção criminosa [irraaa] reclama de Jair Bolsonaro e revela que com o Partido dos [irruuu] o diálogo com o crime organizado era “cabuloso”. 

É o grupo praticante de atividades ilícitas coordenadas denominado pela décima sexta e terceira letra do alfabeto com saudades do grupo do animal invertebrado cefalópode pertencente ao filo dos moluscos – escreveu.


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem