Moraes dá 15 dias para Aras se manifestar sobre live de Bolsonaro contra urnas
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo ou através do PIX EMAIL: pordentrodapolitica2022@gmail.com

Moraes dá 15 dias para Aras se manifestar sobre live de Bolsonaro contra urnas



Em despacho encaminhado nesta segunda-feira (14) à Procuradoria-geral da República, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), anexou o relatório da Polícia Federal que concluiu que o presidente Jair Bolsonaro teve “atuação direta e relevante” na disseminação de notícias enganosas sobre o processo eleitoral.

Moraes estipulou um prazo de 15 dias para o procurador-geral Augusto Aras se manifestar sobre o caso. O PGR deverá dar seu parecer sobre a existência de elementos que sustentem uma possível denúncia contra Bolsonaro ou justificar se a ação deverá ser arquivada.
Siga nossas Redes 

O ministro também compartilhou com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) os autos do processo com o inquérito que investiga a existência das chamadas milícias digitais, que estariam atacando, de forma coordenada, as instituições da República. O TSE conduz um inquérito administrativo sobre as declarações de Bolsonaro contra a segurança do processo eleitoral.

– A Polícia Federal realizou diversas diligências e concluiu que os elementos de interesse obtidos durante a investigação corroboram a essência da forma de atuar desse grupo de pessoas, em convergência com o modo de agir já apresentado ao Tribunal Superior Eleitoral por ocasião do inquérito administrativo instaurado também em decorrência da promoção da live – escreveu Moraes, citando a live de Bolsonaro do dia 29 de julho, em que ele afirma ter uma “prova bomba” de uma suposta fraude nas eleições de 2014 e 2018.

Para Moraes, as evidências obtidas pela PF “interessam” ao TSE para “apurar e requerer medidas” contra os investigados.

O ministro irá assumir a vice-presidência da Corte Eleitoral no próximo dia 22. Em setembro, Moraes presidirá o TSE.

*Pleno News

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem