Bolsonaro evita ir a cerimônia no STF
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo ou através do PIX EMAIL: pordentrodapolitica2022@gmail.com

Bolsonaro evita ir a cerimônia no STF



O presidente Jair Bolsonaro (PL) não comparecerá à cerimônia que marca a retomada dos trabalhos do Supremo Tribunal Federal (STF) nesta terça-feira, 1º. Marcado para as 10 horas, o evento não consta dos compromissos públicos do mandatário em sua agenda oficial. 

A sessão solene, que ocorrerá de forma virtual devido ao avanço da variante Ômicron do coronavírus, terá um discurso do ministro Luiz Fux, presidente da Corte, pedindo tolerância política e prudência às autoridades.

A ausência acontece em meio a mais um episódio de tensão entre o chefe do Executivo e o Judiciário. Na última sexta-feira, 28, Bolsonaro desobedeceu a uma determinação do ministro Alexandre de Moraes e não foi à sede da Polícia Federal prestar esclarecimentos no inquérito que apura suposto vazamento de informações sigilosas da corporação. O presidente é alvo de cinco investigações na Corte, e vem reeditando ataques ao Supremo após um breve período de trégua.

Como mostrou o Estadão, o discurso de Fux terá um apelo por tolerância política e respeito às instituições. Sem mencionar diretamente o nome de Bolsonaro, o ministro pedirá prudência às autoridades. 

Ministros do Supremo avaliam que a decisão do presidente de descumprir a determinação de Moraes provocou novo desgaste e pode levar a mais um capítulo da crise institucional envolvendo a Corte e o Planalto.

*Terra

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem