A nova postura de Abraham Weintraub: Um prato cheio para a esquerda
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo ou através do PIX EMAIL: pordentrodapolitica2022@gmail.com

A nova postura de Abraham Weintraub: Um prato cheio para a esquerda


Quem assistiu ao Podcast com os irmãos Weintraub e ainda acredita que eles são apoiadores do Presidente, precisa urgentemente rever a medicação. A loucura já atingiu um outro nível.

Todas as falas foram sistematicamente pensadas para não acusar diretamente Bolsonaro (óbvio, afinal não podem sustentar uma acusação), mas para deixar dúvidas pairando no ar. Um prato cheio para a imprensa e para a oposição. Basta ver o que as manchetes falaram sobre a entrevista.

Foi um marco. Serviu, definitivamente, para ver qual é o jogo da "direita intelectual" e, definitivamente, não é o mesmo que o nosso. Quem disser o contrário, está se fazendo de sonso ou está completamente alienado à situação (coisa improvável para quem faz parte desta ala que se considera tão erudita).

Ainda não se posicionarão abertamente contra o presidente, porque sabem que isso é suicídio politico. Mas observem o caminho que Vélez (o antecessor do "entrevistado", que veio da mesma "escola") está seguindo e terão uma boa pista de para onde estão indo.

Bolsonaro já entendeu quem lhe é fiel. Se cercou de militares, pragmáticos como ele, e fechou as portas para os utópicos e imediatistas intelectuais.

Estes, cientes de que não têm espaço no atual governo, tentarão minar a reeleição "por dentro", como parasitas; fingindo apoio até o último minuto, enquanto bombardeiam com "críticas construtivas".

Não se iludam! Muitos traidores ainda não foram desmascarados. A terceira (ou quarta) via é ardilosa, vaidosa e cheia de ambição.


"Os acontecimentos fazem mais traidores do que as opiniões." (CHATEAUBRIAND, François)

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem