Tentando chamar atenção, Paes diz que o único palanque que não sobe é o de Bolsonaro
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo ou através do PIX EMAIL: pordentrodapolitica2022@gmail.com

Tentando chamar atenção, Paes diz que o único palanque que não sobe é o de Bolsonaro




O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, falou sobre sua visão em relação à reeleição do presidente Jair Bolsonaro em 2022. Em entrevista ao Metrópoles, o político carioca afirmou que o palanque de Bolsonaro é o único no qual não pretende subir.

Para ele, a reeleição de Bolsonaro não é bom para o Brasil e que, em determinado momento, “parece que todo mundo ficou doidão”, referindo-se à eleição de algumas figuras no cenário político.

Parece que todo mundo ficou doidão em determinado momento da história e surgiram esses personagens. Eu acho que a gente não percebeu isso com a ênfase que a gente deveria ter percebido, mas teve um momento em que o Rio era governado por um capitão, um juiz e um bispo. 

Nós temos que olhar para esse momento histórico e aprender com os nossos erros – disse o prefeito referindo-se ao período de 2019, após a eleição de Jair Bolsonaro e Wilson Witzel e ao segundo ano do governo de Marcelo Crivella.

Paes disse também que não tem relação com o presidente, mas que isso não atinge o Rio. Para a disputa pelo Palácio do Planalto, Eduardo irá apostar em Rodrigo Pacheco, o presidente do Senado.

 Inclusive, ele não irá deixar a Prefeitura do Rio para se candidatar ao governo do estado, pois irá trabalhar para emplacar a campanha de Felipe Santa Cruz, atual presidente da OAB, para o governo do Rio.

*Pleno News

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem