Janaína diz que Moro está sendo perseguido por ter chance de ser presidente
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo ou através do PIX EMAIL: pordentrodapolitica2022@gmail.com

Janaína diz que Moro está sendo perseguido por ter chance de ser presidente




Nesta terça-feira (28), a deputada estadual Janaina Paschoal, de São Paulo, utilizou as redes sociais para defender o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro. Em sua conta do Twitter, ela afirmou que o ex-juiz “não cometeu qualquer ilicitude” e que ele está “sendo perseguido por ter chances reais de chegar à Presidência”.

A declaração ocorre após o ministro Bruno Dantas, do Tribunal de Contas da União (TCU), determinar que a Alvarez & Marsal, consultoria para a qual Moro trabalhou entre o fim de novembro de 2020 e o fim de outubro de 2021, informe toda a documentação relacionada ao fim do vínculo entre o ex-juiz e a empresa, incluindo datas das transações e valores envolvidos.

Para Janaina, Sergio Moro pode “ter caído em uma armadilha ao aceitar trabalhar nessa tal consultoria” mas que a população não pode “compactuar com injustiças”.

Ela ainda disse que os ataques de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro prestam um serviço ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Leia o que a deputada disse:

Eu confio na correção de Sérgio Moro. Goste-se dele ou não, ninguém pode desmerecer o serviço que ele prestou à nação. Até em razão dos interesses que enfrentou, não descarto que os convites que recebeu já tenham sido feitos com a intenção de colocar em dúvida a sua honestidade!

Sérgio Moro passou em um dos concursos mais difíceis que há. Aos 24 anos, já era autoridade. Qualquer avaliação que se faça a seu respeito precisa levar essa condição em consideração… ele pode ter caído em uma armadilha ao aceitar trabalhar nessa tal consultoria.

Mas não cometeu qualquer ilicitude. Independentemente de questões eleitorais, não podemos compactuar com injustiças! Ele está sendo perseguido, por ter chances reais de chegar à Presidência e os bolsonaristas que o atacam, indiretamente, prestam serviço a Lula.

Bolsonaro não teria sido eleito, não fosse o Impeachment e a Lava Jato. Atacar a Lava Jato só beneficia Lula. Pensem nisso! Se houver segundo turno, precisaremos estar TODOS no mesmo palanque! Ou vão ficar neutros?




Em outra publicação, Janaina ainda lembrou que o governador de São Paulo, João Doria, pode sair fortalecido.

– E digo mais, bater muito em Sérgio Moro viabiliza Dória! Ou acham que ele desistiu de ser a terceira via? Pensem bem no que estão fazendo! – apontou.


*Pleno News

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem