André Mendonça é sorteado relator de denúncia contra Bolsonaro
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo ou através do PIX EMAIL: pordentrodapolitica2022@gmail.com

André Mendonça é sorteado relator de denúncia contra Bolsonaro


O novo ministro André Mendonça terá uma prova de fogo em sua estreia no STF. Isso porque o mais novo indicado por Bolsonaro à Suprema Corte Federal foi o sorteado para ser o relator de uma notícia-crime contra o presidente da república.

A denúncia refere-se ao fato de Bolsonaro ter falado a apoiadores que “ripou todo mundo do Iphan [Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional]”. 

Tudo começou com o vídeo da reunião ministerial vazada pelo STF a partir da frágil denúncia de Sergio Moro de “interferência” de Bolsonaro na Polícia Federal. Naquela ocasião, Bolsonaro relembrou sobre as dificuldades que a atuação do Iphan estavam causando ao lançamento de um novo empreendimento de Luciano Hang.

Acontece que esse caso já gerou uma ação que terminou sendo “arquivada”, afinal a conclusão foi presidente possui direito legítimo de demitir ou contratar quem quer que seja no órgão. 

Entretanto, nesta semana, o presidente voltou a falar do assunto aos apoiadores, o que gerou a narrativa que o presidente estaria “confessando” que agiu por interesse na oportunidade.

A notícia-crime foi apresentada pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Ele pede que a Procuradoria-Geral da República (PGR) investigue Bolsonaro. A peça foi distribuída para a relatoria de Mendonça nesta sexta-feira (17).

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem