Enquanto Doria mantem, 42 cidades de SP cancelam Carnaval de 2022
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo ou através do PIX EMAIL: pordentrodapolitica2022@gmail.com

Enquanto Doria mantem, 42 cidades de SP cancelam Carnaval de 2022


Até agora, 43 cidades do estado de São Paulo já anunciaram o cancelamento do Carnaval de 2022, devido à pandemia do coronavírus. Em cinco delas, será o segundo ano consecutivo que o evento não será comemorado. No entanto, na capital, a folia será mantida.

Apesar da vacinação avançando e da queda tanto da taxa de casos de Covid quanto da taxa de ocupações hospitalares devido à doença, alguns gestores municipais preferiram cancelar o evento para não correrem riscos de provocar um aumento de contaminação.

Nesta terça-feira (23), a média móvel diária é de 72 mortes no estado de São Paulo. O número é 15% maior do que o de duas semanas atrás, o que indica, segundo especialistas, uma tendência de estabilidade. Por outro lado, com um valor 33% maior do que o registrado há duas semanas, a média diária de casos é de 1.400 e indica tendência de alta.

Há também municípios que dizem não possuir verba para a festa, como Sorocoba, onde a prefeitura avisou as escolas de samba que não irá disponibilizar dinheiro público para o evento. Neste caso, porém, as escolas estão se organizando de forma independente para o evento. O exemplo de Sorocaba foi seguido por cidades como Taubaté. Mas também há municípios, como Jundiaí, que proibiram qualquer tipo de festa no período.

Apesar da cautela dos municípios, a prefeitura da capital está mantendo o calendário do evento e já recebeu 867 inscrições para desfiles em blocos de rua. Além disso, a expectativa é de que o Carnaval paulista tenha a participação de 15 milhões de foliões.

Embora a realização da festa esteja condicionada à situação da pandemia nas datas próximas ao feriado, a Prefeitura de São Paulo sinalizou que o Carnaval da cidade ocorrerá sem restrições sanitárias.

O prefeito, Ricardo Nunes, sugeriu a criação de um comitê entre as cidades que sediam os maiores Carnavais do país, como São Paulo, Recife, Salvador, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. A ideia é tomar decisões de forma conjunta sobre monitorar e formular políticas de saúde que reduzam os riscos da pandemia durante o Carnaval. Até o momento, a proposta foi aceita por São Paulo, Rio de Janeiro e Recife.

Confira quais cidades paulistas cancelaram a folia:
– Barrinha
– Borborema
– Botucatu
– Cabreúva
– Campo Limpo Paulista
– Cunha
– Dobrada
– Dumont
– Franca
– Guariba
– Guatapará
– Ibitinga
– Itápolis
– Itatiba
– Itupeva
– Jaboticabal
– Jarinu
– Jundiaí
– Lins
– Marília
– Mogi das Cruzes
– Monte Alto
– Monteiro Lobato
– Natividade da Serra
– Paraibuna
– Pitangueiras
– Poá
– Potirendaba
– Pradópolis
– Roseira
– Salesópolis
– Santa Ernestina
– Santa Isabel
– Santo Antônio do Pinhal
– São Bento do Sapucaí
– São Simão
– Sorocaba
– Suzano
– Taquaritinga
– Taubaté
– Ubatuba
– Várzea Paulista


*Pleno News

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem