Em filiação, PL toca versão do baile de favela que fez a esquerda 'arrancar os cabelos' em 2018, (Veja o Vídeo)
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo ou através do PIX EMAIL: pordentrodapolitica2022@gmail.com

Em filiação, PL toca versão do baile de favela que fez a esquerda 'arrancar os cabelos' em 2018, (Veja o Vídeo)


Nesta terça-feira (30), durante evento de filiação do presidente Jair Bolsonaro ao PL, os convidados chegavam ao som de uma versão do funk Baile de Favela. A paródia faz chacota com os comunistas, com Ciro Gomes, Jean Wyllys, dentre outros.

A versão foi criada em 2018, quando Bolsonaro foi candidato a presidente pelo PSL. A letra é de Tales Volpi Fernandes, conhecido como MC Reaça, que faleceu em 2019 sob a suspeita de suicídio. Na época, a família Bolsonaro lamentou a morte do MC nas redes sociais.

No refrão da paródia, é repetida a expressão “Bolsonaro, capitão da reserva”. A letra exalta Bolsonaro e “não perdoa” os opositores.

– Maria do Rosário não sabe lavar panela/ Jandira Feghali nunca morou na favela/ Luciana Genro apoia os sem-terra/ Mas não dá o endereço pra invadirem a casa dela – diz um trecho da canção.


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem