Eduardo Cunha não deixou o PT regular a mídia em 2016, diz Dilma
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo

Eduardo Cunha não deixou o PT regular a mídia em 2016, diz Dilma



A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) disse que o ex-deputado federal Eduardo Cunha (MDB-RJ) impediu o debate sobre a regulamentação da mídia durante o seu governo. A afirmativa ocorreu em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, publicada na última segunda-feira (20).

Dilma afirmou que Cunha “fechou um acordo com empresas de comunicação, notadamente a Rede Globo”, para se eleger.

“O futuro presidente da Câmara exigia uma posição acrítica da mídia a sua candidatura e, em troca, assumiu o compromisso de impedir a tramitação de qualquer projeto que tratasse da regulação econômica da mídia e também se dispunha a interditar qualquer debate”, disse a petista.

Após a reportagem, Eduardo Cunha usou o Twitter nesta quarta-feira (23) para comentar a fala da petista. Veja a declaração:

A única parte verdadeira e que sempre fui contra o projeto do PT de regulação da mídia. Eu realmente jamais pautaria como presidente da Câmara um projeto dessa natureza.

E essa minha posição não era fruto de qualquer acordo com qualquer órgão de mídia. Essa é a minha posição pública de sempre.

Até porque eu apanhei bastante da mídia. Se a minha posição fosse fruto de qualquer acordo eu não teria apanhado tanto.

Aliás esse projeto do PT de tentar controlar a mídia e um dos grandes motivos da minha oposição a eles.

Simplesmente acho que para combater a imprensa ruim e ter mais imprensa.

Fonte: Gazeta Brasil

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem