Com ajuda do Itamaraty, Zé Trovão é localizado pela PF e pode ser preso.
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo

Com ajuda do Itamaraty, Zé Trovão é localizado pela PF e pode ser preso.


Após completar uma semana em que sua prisão foi decretada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, o caminhoneiro Zé Trovão foi localizado pela Polícia Federal no México. Os investigadores da PF estavam rastreando o paradeiro do caminhoneiro e contaram com a ajuda do Itamaraty.

Por meio do rastreamento, foi identificado que Zé Trovão já havia deixado o Brasil antes da ordem de prisão e embarcado para a Cidade do México.

No início da tarde desta quinta-feira (9), o caminhoneiro publicou um vídeo afirmando que será preso ainda hoje. Ele conta na gravação que a Embaixada do Brasil no país entrou em contato com o hotel em que ele está hospedado.

– Em alguns momentos, eu devo ser preso. Eu não vou mais fugir, chega. Eu tô (sic) cansado disso, tá. Pra quem não sabe, eu estou no México e a embaixada brasileira acaba de entrar em contato com o hotel que eu estou. Então em alguns momentos, provavelmente, a polícia vem aqui me recolher e vai me levar preso – afirmou.

Zé Trovão, juntamente com o jornalista Oswaldo Eustáquio, entrou com um pedido de asilo político no país da América do Norte. No entanto, até o momento, nenhum dos dois teve resposta do governo mexicano.

Moraes determinou a prisão do líder de caminhoneiros alegando que Zé Trovão descumpriu medidas cautelares impostas pelo ministro. O ativista estava proibido de se manifestar politicamente em redes sociais, mas continuou convocando o povo para as manifestações por meio de vídeos que circulam em aplicativos de trocas de mensagens. Zé Trovão também continuou participando de lives.

*Pleno News

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem