PM que fez convocação para ato do dia 7 é afastado por Doria.
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo

PM que fez convocação para ato do dia 7 é afastado por Doria.


O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), decidiu afastar, sob alegação de indisciplina, o militar que comanda diversos batalhões da Polícia Militar no interior de São Paulo.

O afastamento do coronel da ativa Aleksander Lacerda foi confirmado nesta segunda-feira (23).

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, Lacerda convocou colegas para ato do dia 7 de setembro, que deve promover apoio ao presidente da República Jair Bolsonaro e, consequentemente, as pautas defendidas pelo chefe do Executivo.

Além disso, Lacerda foi convocado pelo Comando Geral da PM para prestar esclarecimentos na Corregedoria da instituição.

O coronal tinha sob suas ordens 7 batalhões da PM paulista, cuja tropa de cerca de 5 mil homens, alcançando cerca de 78 municípios da região de Sorocaba, sede do CPI-7.

Com Informações: Conexão Política

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem