Fux defende Moraes, “É preferível evitar que o cão morda”
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo

Fux defende Moraes, “É preferível evitar que o cão morda”


Durante seminário da XP, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, defendeu decisões tomadas pelo ministro da Corte, Alexandre de Moraes, no âmbito do inquérito ilegal das fake news.

Para ele, diante de uma ameaça, a Corte deve tomar medidas de urgência, mesmo que sejam “drásticas”. “É preferível evitar que o cão morda”, afirmou Fux.

“Se nós sabemos que estão sendo arquitetados atos antidemocráticos que podem gerar consequências gravíssimas é dever do Judiciário utilizar a determinada tutela de urgência .

 Se sabemos que um crime está no caminho da consumação e que não há tempo para ouvir interessados, ele deve agir”, disse o presidente do Supremo.

“Se um cidadão anuncia que já está montando uma operação para invadir o Supremo Tribunal Federal, nós vamos esperar que haja essa invasão? Não, nós temos de agir imediatamente e a posteriori mandar os autos ao MP. 

Como foi feito com o processo das fake news. Às vezes o contraditório, a audiência das partes, se dá previamente, às vezes se dá posteriormente para não frustrar os fins de Justiça”, completou.

*Gazeta Brasil

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem