Alexandre de Moraes inclui Bolsonaro em inquérito das fake news
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo

Alexandre de Moraes inclui Bolsonaro em inquérito das fake news


Nesta quarta-feira (4), o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu incluir o presidente Jair Bolsonaro como um dos investigados no inquérito das fake news.

 A decisão atende a um pedido feito pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na segunda-feira (2), aprovado por unanimidade pelos ministros.

Com a medida, Bolsonaro será investigado por supostos crimes cometidos devido à disseminação de informações falsas e por ataques que teriam sido feitos contra as instituições.

A apuração também irá abordar as críticas feitas pelo presidente às urnas eletrônicas e ao sistema eleitoral do país.

Em sua decisão, Moraes pediu a transcrição da transmissão ao vivo feita por Bolsonaro nas redes sociais na quinta-feira (29), quando o presidente falou sobre as urnas.

O ministro ainda determinou que a Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifeste sobre a decisão de tornar Bolsonaro investigado no inquérito.

O inquérito das fake news foi aberto pelo ministro Dias Toffoli em março de 2019. Na ocasião, ele ocupava o cargo de presidente do STF. Moraes foi escolhido por Toffoli para relatar o inquérito que investiga notícias falsas, ofensas e ameaças contra os ministros da Corte.

*Pleno News

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem