Alexandre de Moraes afasta delegado que coordena inquérito da PF sobre ataque hacker ao TSE
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo

Alexandre de Moraes afasta delegado que coordena inquérito da PF sobre ataque hacker ao TSE


Além de abrir investigação contra o presidente Jair Bolsonaro e o deputado federal Felipe Barros por “vazamento” do inquérito sigiloso que apura na Polícia Federal o ataque hacker sofrido pela Tribunal Superior Eleitoral, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou o afastamento do delegado da Victor Neves Feitosa Campo da presidência do Inquérito nº 1361/2018-4/DF.

Na tarde desta quinta-feira (12), o ministro do STF ainda encaminhou “requisição ao Diretor-Geral da Polícia Federal de instauração de procedimento disciplinar para apurar os fatos (divulgação de segredo); que, igualmente, deverá providenciar a substituição da autoridade policial”, como diz a decisão.

Moraes ainda determinou a oitiva de dois dos envolvidos na divulgação dos dados sigilosos, o próprio delegado e o deputado Barros.

*Gazeta Brasil

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem