Alexandre de Moraes afasta delegado que coordena inquérito da PF sobre ataque hacker ao TSE
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo ou através do PIX EMAIL: pordentrodapolitica2022@gmail.com

Alexandre de Moraes afasta delegado que coordena inquérito da PF sobre ataque hacker ao TSE


Além de abrir investigação contra o presidente Jair Bolsonaro e o deputado federal Felipe Barros por “vazamento” do inquérito sigiloso que apura na Polícia Federal o ataque hacker sofrido pela Tribunal Superior Eleitoral, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou o afastamento do delegado da Victor Neves Feitosa Campo da presidência do Inquérito nº 1361/2018-4/DF.

Na tarde desta quinta-feira (12), o ministro do STF ainda encaminhou “requisição ao Diretor-Geral da Polícia Federal de instauração de procedimento disciplinar para apurar os fatos (divulgação de segredo); que, igualmente, deverá providenciar a substituição da autoridade policial”, como diz a decisão.

Moraes ainda determinou a oitiva de dois dos envolvidos na divulgação dos dados sigilosos, o próprio delegado e o deputado Barros.

*Gazeta Brasil

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem