Ministro Tarcísio recebe medalha e se emociona com homenagem
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo

Ministro Tarcísio recebe medalha e se emociona com homenagem



O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, recebeu nesta sexta-feira a Medalha do Mérito Farroupilha durante solenidade no Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa. A distinção foi proposta pelos deputados Ernani Polo (PP) e tenente-coronel Zucco (PSL) e contou com a presença de autoridades civis e militares.

Freitas que é engenheiro civil assumiu o ministério em janeiro de 2019, com foco o programa de desestatização de ativos, a retomada de obras públicas inacabadas e melhoria no ambiente de negócios para a atração de investimentos privados para o setor. Já foram concedidos 70 ativos para a iniciativa privada, com a contratação de cerca de R$ 70 bilhões em investimentos privados para os próximos anos, além da entrega de mais de 150 obras públicas em todo o país.

No seu discurso, o tenente-coronel Zucco afirmou que a homenagem era mais do que um reconhecimento público, mas “o agradecimento do povo gaúcho, pelo exemplo de dedicação, retidão e desempenho” que marcam a trajetória do ministro. O deputado ressaltou que o ministro promoveu uma mudança de perspectiva “nas vergonhosas manchetes de casos de desvios, de superfaturamento, de corrupção e de obras inacabadas ou mal executadas”. Amigo e ex-colega da Academia das Agulhas Negras, Zucco afirmou ainda que o Brasil precisa de pessoas que se dediquem ao serviço público para servir, em vez de servir-se dele.

A homenagem ao ministro da Infraestrutura contou com a exibição de um vídeo produzido pela equipe de seu mandato com manifestações de ex-colegas, companheiros de farda e familiares. O deputado Ernani Polo afirmou que a homenagem teve um duplo simbolismo. “O primeiro é que, em um período marcado por tantos desafios, estamos entregando a mais alta honraria concedida pela Assembleia Legislativa a um homem que tem ajudado a superá-los. E o segundo motivo, é que a sua área de atuação tem uma ligação muito forte com o desenvolvimento do país, com o incentivo à competitividade”, acrescentou.

No seu discurso, Freitas destacou a capacidade de trabalho do povo e o dinamismo e potencial da economia gaúcha. O ministro, que foi diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) atuou nos projetos da BR 448, a Rodovia do Parque, e da nova ponte do Guaíba. Na gestão do então presidente da República, Michel Temer, estruturou o leilão de concessão do Aeroporto Internacional Salgado Filho.

Freitas falou ainda de obras em andamento no Estado, como a duplicação da BR 116, que teve 131 km concluídos e terá 231 quilômetros prontos até o final de 2021 e as obras de duplicação da ponte sobre o Rio dos Sinos, em São Leopoldo. Além das concessões dos aeroportos de Uruguaiana, Bagé e Pelotas, intervenções em ferrovias e dragagens de portos. Foram citados ainda projetos para o Rio Grande do Sul, como a extensão da BR 448 até Portão, a duplicação da BR 285, a travessia urbana em Ijuí, a ponte sobre o Arroio Ibicuí na BR 472, a construção da nova ponte em Jaguarão e a dragagem da Lagoa Mirim.

Natural do Rio de Janeiro, Tarcísio Gomes de Freitas é formado em engenharia civil pelo Instituto Militar de Engenharia (IME). É pós-graduado em Gerenciamento de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), em Gestão de Cadeia de Suprimento e Logística pela Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais do Exército e bacharel em Ciências Militares pela Academia Militar das Agulhas Negras. Tem 43 anos de idade. Freitas foi diretor-geral do DNIT e chefe da seção técnica da Companhia de Engenharia do Brasil na Missão de Paz da Organização das Nações Unidas (ONU) no Haiti entre 2005 e 2006. Também atuou como auditor da Controladoria Geral da União (CGU).

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem