Marcos Durval tenta exibir novo vídeo demonstrando crime de Luís Miranda na CPI e é impedido por Aziz, (Assista)
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo ou através do PIX EMAIL: pordentrodapolitica2022@gmail.com

Marcos Durval tenta exibir novo vídeo demonstrando crime de Luís Miranda na CPI e é impedido por Aziz, (Assista)

 

No decorrer de discussões ocorridas antes do depoimento de Regina Célia Oliveira, fiscal do contrato para compra da Covaxin, na CPI da pandemia, também conhecida como “CPI do Circo”, “CPI da Cortina de Fumaça” e “Tribunal de Renan Calheiros”, o senador Marcos do Val foi impedido por Omar Aziz, presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito, ao tentar exibir um vídeo que, consoante Marcos do Val, comprovaria o crime de falso testemunho por parte do deputado federal Luís Miranda. 

Outrossim, os senadores Eduardo Girão, Marcos do Val e Fernando Bezerra contestaram ações de Renan Calheiros, relator da CPI, e da cúpula da comissão. Marcos Rogério retrucou declarações de Renan Calheiros: “Quem o relator colocou como investigados não precisa recorrer ao STF para ter o direito ao silêncio.

 É uma garantia constitucional. Ao investigado, cabe o direito ao silêncio. Não é o meu desejo, quero que todos que venham aqui falem abertamente e apresentem a verdade. Renan Calheiros agiu de forma açodada (...). Não queremos blindagem a quem quer que seja, nem aos representantes do Consórcio Nordeste. Lá, sim, há acusados de corrupção, com dinheiro desviado”.


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem