Grupo LGBTQIA+ abre novo processo para exigir que Douglas Luiz use camisa 24 na final
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo ou através do PIX EMAIL: pordentrodapolitica2022@gmail.com

Grupo LGBTQIA+ abre novo processo para exigir que Douglas Luiz use camisa 24 na final


O Grupo Arco-Íris de Cidadania LGBT apresentou uma nova uma ação civil pública contra a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), para exigir que o volante Douglas Luiz, use a camisa de número 24 ao invés de 25 na final da Copa América, contra a Argentina.

Segundo o site da ESPN, é requerida nesta ação uma medida liminar com multa em caso de descumprimento no valor de 5% da premiação (R$ 460 mil) dada ao campeão caso a CBF descumpra o pedido. A CBF pediu tempo para se defender e disse que isso não é possível por força de regulamento.

“Considerando, conforme demonstrado nesta Ação, a capacidade financeira da primeira ré (CBF), que, somente por estar no torneio da Copa América receberá da CONMEBOL, US$ 4 milhões (aproximadamente R$ 23 milhões) e US$ 10 milhões (aproximadamente R$ 57 milhões) caso seja campeã, seja fixada uma multa de R$ 460.000,00 (quatrocentos e sessenta mil) pelo descumprimento, o equivalente a 5% do valor relativo à participação da mesma”, diz o trecho do pedido.

O Grupo Arco-Íris mesmo grupo foi responsável por entrar com ação para que a CBF explicasse o não uso da camisa 24 na competição. A entidade argumentou que a decisão aconteceu por motivos desportivos e por mera liberalidade.

*Gazeta Brasil

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem