Em vídeo, Weintraub diz que continua sendo investigado e que pode ser preso se pisar no Brasil, "mesmo assim eu vou voltar"
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo ou através do PIX EMAIL: pordentrodapolitica2022@gmail.com

Em vídeo, Weintraub diz que continua sendo investigado e que pode ser preso se pisar no Brasil, "mesmo assim eu vou voltar"


Após celebrar a decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que arquivou o inquérito que investiga a organização de atos antidemocráticos, Abraham Weintraub voltou a usar as redes sociais para dizer aos apoiadores que ainda não pode voltar para o Brasil.

 Ele publicou um vídeo, na noite desta quinta-feira (1º), para explicar que continua sendo investigado e corre risco de ser preso.


– Não foi dessa vez. Continuo sendo investigado no STF. Tenho fé que venceremos e conto com cada um de vocês. Liberdade e Justiça – escreveu ele, na publicação.

No vídeo, Weintraub disse que comemorou antes do tempo. Ele citou ainda o caso do jornalista Oswaldo Eustáqio.

– Quando a esmola é muito, o santo desconfia. (…) Eu tuitei, saí comemorando que eu estaria já livre desse inquérito. Eu não fui condenado, estou sendo investigado. E quando eu tuitei [a respeito da decisão de Moraes], meus advogados me ligaram e avisaram que, infelizmente, o meu inquérito continua de pé, e eu continuo sendo investigado pelo potencial crime contra a segurança nacional, como se eu fosse explodir o STF. (…) Continuo sendo investigado, continuo tendo o mesmo risco de, pisando no Brasil, ser preventivamente preso, como tantas outras pessoas foram; inclusive algumas relataram maus-tratos na prisão. 

E, no caso, o Oswaldo Eustáquio ficou até paralítico. Eu não tenho medo do meu destino. Estou determinado a voltar para o Brasil. Vou voltar para o brasil, vocês contem com isso. Nós, juntos, vamos conseguir vencer essa batalha – falou.


*Pleno News 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem