Ditador de Cuba bloqueia internet do país para reprimir protestos
Caso queira nos ajudar a manter nosso site faça uma doação diretamente, através do PayPal, clique no botão abaixo ou através do PIX EMAIL: pordentrodapolitica2022@gmail.com

Ditador de Cuba bloqueia internet do país para reprimir protestos



O primeiro-secretário do Partido Comunista de Cuba, Miguel Díaz-Canel, cortou a internet do país nesta segunda-feira, 12. A finalidade é conter o avanço dos protestos que miram a ditadura. 

Em razão disso, há poucas informações sobre a amplitude das manifestações. “Diversos jornalistas independentes e defensores dos direitos humanos estão incomunicáveis”, relatou Juan Antonio Blanco, diretor do Observatório Cubano de Conflitos, em entrevista à Revista Crusoé.

Segundo o especialista, a única maneira de falar com a ilha desde ontem é por telefone, mas vários números foram bloqueados.

 “Alguns cubanos falam que ocorreu panelaço, mas não há registros para confirmar. Organizações civis de cubanos no exterior falam que a repressão deixou oito mortos, o que também não pode ser averiguado”, acrescentou Juan Blanco.


*Revista Oeste

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem